sexta-feira, 29 de agosto de 2008

com a luz acesa



Desde o dia 21 , eu tenho pensado mt sobre meus atos, o que passou, oq eu passarei se permanecesse da maneira q estava.

Hoje, vejo o tempo que perdi, o tempo em vão de que passei ao lado da falsidade que eu vivia, que eu abraçava , que eu beijava. Eu me arrependo de cada segundo em q me julguei um lixo, emfrente aos atos q por imaturidade emocional eu praticava :~
sim, praticava.. hoje me sinto outra pessoa.

É como se precisassemos perder uma coisa que julgamos a única saída e esqcemos que a vida não é só aquilo, somos egoístas do nosso próprio prazer :x
queremos viver aquilo e pronto.. somos incosequentes.

Fechamos os olhos e seguimos em frente, mais na frente quebramos a cara e aprendemos cm nossos erros. Eu fechei os olhos e td ficou "escuro", daquele jeito (A)..
e esqueci que no "claro" podemos olhar no fundo dos olhos de quem amamos e dizer "euteamo" e sentir a emoção de ser amado..

encontreiobotãoquealuzeagorasócomelaqueeusigo *-*











Um comentário:

Filipe Pujol disse...

mas enquando vamos buscando nossos prazeres egoístas... podemos ir curtindo o prazer comum... quem sabe esse não se mostra muito melhor?
:*